Ferma SA adquire equipamento de jateamento EST 15×20 – 12TR20HP

     

Soldini, Argentina – (Janeiro de 2013) – Especializada na construção de edifícios,  de mineração pesada, obras de infra-estrutura elétrica, pontes, edifícios industriais com ou sem pontes rolantes e centros comerciais, a empresa Ferma SA (www.fermaargentina.com.ar), possui uma planta industrial moderna, equipada  com muitos equipamentos CNC, originários da Itália e EUA

Com uma capacidade superior a 700 Ton/mês  de produção e,  pela excelência do seu departamento de engenharia com 12 estações de design SDS / 2, ISO 9001-2008, membro da AISC e com diversas certificações em vigor para a indústria do petróleo

Nos últimos anos FERMA experimentou um volume crescente de operações  resultantes  da  diversificação do mercado em setores importantes, como mineração e energia elétrica, que foram adicionados à construção tradicional de estruturas metálicas e, novas oportunidades de negócios na Argentina e outros países da América latina

Neste contexto, a empresa, que já contava com um equipamento da CYM (adquirida em 1999), se deparou com a necessidade de alterá-lo, para uma capacidade superior de produção , permitindo-lhe processar peças e quantidades cada vez maiores.

Com base nas necessidades do clientes , a  CYM desenvolveu uma máquina moderna para atender as exigentes necessidades da empresa Ferma SA

Entre as principais características do equipamento de jateamento instaladas na fábrica de Esperança, destacamos os seguintes:

·  Seção máxima de passagem das peças de 1.500 milímetros de base por  2.000 mm de altura, com uma velocidade de produção entre 0,5 m a 2 m / minuto

·  Cabine principal de grandes dimensões, com compartimento de entrada e saída de peças com  5 (cinco) vestíbulos com cortina de borracha  intercambiáveis cada uma, para evitar a fuga de granalha do equipamento.

·  Doze (12)  turbinas modelo  TR-360 alimentada por motores de  20 HP  que arremessam  um volume de granalha de  2.400 quilos por minuto. Esta quantidade de turbinas envolve uma distribuição correta de granalha em toda a superfície das  peças a serem  jateadas, resultando em uma melhor cobertura e, consequentemente  um melhor desempenho de todo o equipamento.

·  Duplo revestimento interno da câmara de jateamento, fabricado 100% com  chapa de aço de manganês  e, reforçado com placas de alto cromo nas áreas onde sofrem impacto direto da granalha.

·  Transportador de roletes  com capacidade máxima de 800 kgs  por metro linear de carga distribuída

·  Uma área localizada na saída das peças  para permitir que um operário realize a inspeção visual das peças e, que também  possa remover a granalha  que por ventura possa vir depositada nas peças.

A granalha removida das  peças retorna  ao equipamento de forma automática